quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

"Don't lie and say that it's ok.
It's alright if there's nothing more to say.
So I'm running away, I'm leaving this place.

Yeah... I'm running away, I'm running away.
Don't tell me I'm the one to blame. It's too late for you to make me stay.

No, I won't stay!
So I'm running away, I'm leaving this place,Yeah...

I'm running away, I'm running away.
And faster than you can follow me, from this lonely place.

And farther than you can find me, I'm leaving, yeah...
I'm leaving today.
I, I'll never let you find me, I'm leaving you behind with the past...

No, I won't look back.
And I don't want to hear your reasons, don't want to hear you tell me why I should stay.
And try, try to understand me,
Try to understand what I say when I say I can't stay.
I, I'm moving on from this place,
I'm leaving and I won't wait,
I'm running away!
I'm running away, Im leaving this place,Yeah...

I'm running away,
I'm running away..."


É o hábito. É estranho olhar para lá e encontrar um lugar vazio.
E é inevitável que o olhar me fuja naquela direcção; mais uma pequena desilusão de cada vez que não te encontro.
São estas situações que nos fazem dar valor às coisas mais pequenas que temos todos os dias.
Acho que já dava valor antes, mas agora...
Limito-me a contar os dias e a tentar encontrar uma forma de não te deixar ir de novo.
A única consolação é saber que estás bem.

sábado, 19 de dezembro de 2009


Estou feliz por ti. Bah já estavas a merecer :D

É inevitável sair um sorriso quando se fala da tua felicidade, porque eu adoro-teeeee! <3

É tão bom saber que a distância só nos separa fisicamente, e que tu te mantens sempre por perto, como amiga, uma grande amiga, a amiga! =)

É bom desabafar, rir, e saber que também podia chorar contigo. É ainda melhor ver que me compreendes e que também ficas feliz comigo e por mim.

É lamechas o que estou a escrever, mas depois das conversas que temos tido, é como se tivesse mais uma confirmação da pessoa fantástica que és.

Obrigada por correres comigo atrás da carrinha das bombas de gasolina.

Obrigada por ouvires a minha preocupação quando me fazem algo que não estou à espera em público.

Obrigada por provares vinho comigo.

Obrigada por confiares em mim.

Obrigada por rires de mim, assim eu também rio... ;D

Obrigaaaaada.

Ajuda-me a retribuir-te. *.*