sábado, 31 de março de 2012

Cresce, e quando dás por ti, é incondicional. Não cobra tanto. Não desespera tanto. Apenas existe. E aí tu não consegues deixar de amar.

sexta-feira, 30 de março de 2012

E esperamos.

"Se não for hoje, um dia será. Algumas coisas, por mais impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem no fundo, que foram feitas pra um dia dar certo. Se for para ser será..."



"Falta-me, que tu vês. Falta-me, que eu vou atrás."

Às vezes, não importa a hora, nem o dia, nem o local.
Com alguém que nos cative de verdade, o resto torna-se mesmo secundário.
Mas quando àquela hora simplesmente deu, o dia estava cheio de sol e o local era perfeito, a coisa melhora. :)
Há pessoas que procuram tanto, usam tanto, deitam tanto fora, em busca daquilo que não faz sentido nem falta nenhuma. As coisas que nos deixam realmente de coração cheio são tão fáceis de dar...
Significa tanto um momentozinho de carinho assim... E assuntos parvos, e mimo, e conversas sérias, e silêncios calmos, e confiança, e presença.
Se soubesses, davas-me ainda mais.

sábado, 24 de março de 2012

"-Promete que nunca me vais deixar. Promete que vais estar sempre comigo.
 -Eu? Claro! E tu, prometes que nunca me deixas?
 -Prometo. Prometo. Prometo."

quarta-feira, 7 de março de 2012

Às vezes ter camiões de assuntos a resolver até é bom.
Porque andamos de um lado para o outro, a correr, com a preocupação de não esquecer nada, a confirmar tudo... E distraímos, com ou sem intenção.
Mas quando já não nos lembramos daquilo que queríamos esquecer, pambaaaaaaaas, eis que nos aparece à frente. E pronto, paramos.
O que eu dava para não ter que pensar tanto.

domingo, 4 de março de 2012


   Aquele colinho que te protege de tudo, quase te faz adormecer de felicidade.
   Aquele momento em que fechas os olhos e imploras ao tempo para não passar tão depressa, para não te tirar esta segurança.
   Aquele carinho na bochecha, o beijinho no nariz e na testinha, o compôr o cabelo, os rostos encostadinhos...
   Oh, porque é que sonhamos tanto? :)

sexta-feira, 2 de março de 2012

"Eu enfrentaria o mundo com uma mão, se tu segurasses a outra."


quinta-feira, 1 de março de 2012

Um ano

E eu nem sei explicar o que me faz continuar a pensar nisto, embora seja o dia mais importante de sempre. Por um lado quero libertar-me, mas por outro quero ter a magia de novo, e as dúvidas sobre tê-la sem ti são muitas.