terça-feira, 27 de julho de 2010

O almoço *.*

Hoje almocei com o meu Padrinho.
Como é que ele adivinhou que era mesmo hoje que eu precisava que ele me convidasse para almoçar?
Sabem aquela pessoa que nos faz rir quando nada mais o consegue fazer?
Eu até fiz as cadeiras todas, eu até estou de férias, eu até tive um domingo com as minhas pessoas, mas estava triste. E estou.
Mas aquele almoço foi meeeeeesmo bom!
Porque ele é perverso, e eu adoro pessoas assim! :D Rimos, rimos, rimos... Foi revigorante.
E ao mesmo tempo, conseguimos falar de coisas sérias. Mesmo sérias. Ele arranca-me tudo. Alivia-me, às vezes.
Gosto tanto que ele confie em mim. Já nem se põe a questão de eu confiar nele, claro, mas é bom saber que é recíproco. Nem lhe consigo esconder algumas coisas, das quais não devia falar. Mas acho que me habituei demasiado a tê-lo por perto, e quando algo me incomoda, me afecta, tanto para o bem como para o mal, ele percebe. E não descansa até saber. Nem que seja pelo jogo das adivinhas... xD
Gosto mesmo dele. Foi a melhor coisa que eu fiz na faculdade: escolher os padrinhos. Tenho muito orgulho neles. Muito.
Obrigada, Chris. *.*

Sem comentários: