sábado, 1 de janeiro de 2011

Ano novo, vida velha.

E continuo eu a sonhar, e a fazer planos, e a ficar à espera.
E continuo eu a pensar onde estavas enquanto eu arrumava o que tinha preparado para nós.

Sem comentários: