quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Já tinha saudades...

Senti muito a falta dele. Há pessoas que, devagarinho, vão arranjando um lugar na nossa vida, acomodam-se e nós acostumamo-nos a elas, e quando se afastam nós ficamos sem chão. Com ele foi assim.
Senti falta das nossas conversas, das mais sérias, das mais impróprias, das mais divertidas; dos mimos; dos sorrisos; da cumplicidade.
Senti falta de um abraço todas as manhãs. Aquele abraço...
Sem perceber porquê, ele afastou-se de um dia para o outro, sem explicação alguma.
E, sem estar à espera, quando eu estava a pensar desistir de tentar, quando eu estava a cair na tentação de pensar que qualquer abordagem que fizesse já não valia a pena, ele voltou.
E com ele, fico muito mais completa.
Porque eu preciso daquela amizade, e cada vez mais noto isso.

2 comentários:

KákáChi disse...

E saudades minhas não??? ='/

Liliane disse...

Muitas. Mas amanha já tratamos disso :D :D :D