domingo, 10 de abril de 2011

Desistires sem sequer tentares correr atrás, desistires à primeira vez que digo "Não!", desistires no primeiro dia em que não estou disponível e à tua espera como sempre, só mostra que eu tinha razão em achar que era demais.
Agora,
"Não me tens porque deitaste fora."

Sem comentários: