quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Confusa, acho eu...

Quando A, B, C, D, E, F, G e H... querem a nossa atenção e o nosso tempo, a coisa torna-se difícil. Principalmente quando exigem sem dar de volta, quando estão habituados a que nós sejamos sempre capazes de fazer tudo por eles.
Mas chega uma altura em que temos que escolher.
Não é que eu goste muito de constatar isto, mas acho que somos egoístas e escolhemos simplesmente o que é melhor para nós. Bah, tento pensar que já desculpei muitas vezes, que esperei muitas vezes, que dei muitas oportunidades que não foram aproveitadas, que já fui eu a chorar muitas vezes (ou sempre, parece-me). Não justifica, mas acalma a tempestade cá dentro.

Sem comentários: