quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

"Sentes que o tempo acabou..."

Ontem foi, provavelmente, o último dia de praxe na nossa Faculdade.
Começamos já este mês as mudanças para o novo edifício. E sinceramente, eu não queria. Vai ser tudo tão diferente... Vamos deixar de ter o nosso cantinho, de ter tudo só para nós, as nossas regras sem que ninguém metesse o nariz, vamos ter que conviver todos os dias com outros cursos. E não me parece que vá resultar muito bem. Também pode trazer coisas boas, e assim espero, mas estávamos tão habituados a olhar à volta e reconhecer todos os rostos... Pode parecer estúpido, mas aquele lugar diz-me tanto...
Não consegui conter uma lagrimazinha quando ouvi o "Força Farmácia" a ressoar naquela entrada, naquelas paredes, e pensei que podia ser a última vez; e olhava para aquele chão, aquelas escadas, o candeeiro, para uma casa onde cresci tanto, onde vivi tanto...
Já o disse aqui, e repito: só quem vive o que vivemos sabe do que falamos. Eu tento explicar a quem me rodeia, mas o que as palavras mostram não chega sequer perto daquilo que se sente.
Quero acreditar que vamos mudar de casa, mas levaremos connosco o espírito, a tradição, a mesma força de sempre. É agora que precisamos mostrar a união que exigimos a todos os que lá entram.
Ok, estou nostálgica. Mas a nossa faculdade era a mais bonita... :) Tudo o que lá vivi, virá comigo. Farmácia é Farmácia, seja onde for. *.*


"Capa negra de Saudade, no momento da partida, segredos desta cidade, levo comigo para a vida."





1 comentário:

sarovsky disse...

Querida, o que faz a nossa "casa" sempre foi, é e continuará a ser a massa humana. Somos o que somos, com a nossa força, o nosso espírito e o que nos caracteriza em qualquer parte do mundo. É por isso que continuamos a ser Farmácia quando saímos para a Latada, quando vamos ao Parque da Cidade, quando vamos à Monumental Serenata, quando desfilamos no Cortejo e quando vamos à Garraiada. Se o conseguimos ser nesses sítios, porque não o seremos numa nova casa, com melhores condições para todos? :) Compreendo a nostalgia, essa existirá sempre, mas é preciso olhar para o futuro com esperança e com os olhos das centenas de pessoas que passaram pela FFUP à espera desta mudança. :) Vai ser tão bom ou melhor! [*]