sábado, 31 de março de 2012

Cresce, e quando dás por ti, é incondicional. Não cobra tanto. Não desespera tanto. Apenas existe. E aí tu não consegues deixar de amar.

Sem comentários: