quinta-feira, 1 de março de 2012

Um ano

E eu nem sei explicar o que me faz continuar a pensar nisto, embora seja o dia mais importante de sempre. Por um lado quero libertar-me, mas por outro quero ter a magia de novo, e as dúvidas sobre tê-la sem ti são muitas.



Sem comentários: