domingo, 2 de junho de 2013

É mesmo bom sentir isto outra vez.
Se calhar não é tão despreocupado como das outras vezes. Já há a cicatriz que te faz pensar que nem sempre tudo corre bem. E que a ilusão pode estar aqui de novo.
Mas a sensação de seres tu a deixar um bilhetinho, de teres um nózinho no estômago só porque ainda não entrou aquela mensagem que esperas, de caminhares lado a lado envolto em sonhos que não tens coragem de contar, de te perderes na conversa até o sol nascer, de te arrepiares com aquele toque, de ser só aquele toque a ter o poder de te fazer fechar os olhos a sorrir, de derreteres com aquele beijinho na mão...
Revitaliza. Faz querer mais.
Apesar dos medos. Apesar das tantas mais pessoas melhores que tu.
Continuas a agarrar-te às pequenas grandes coisas que te dão.

Sem comentários: