quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Roxo, cavalitas e sapatos na mão...

São olhares trocados, mãos dadas, sorrisos tímidos.
São pernas entrelaçadas, cavalitas, gargalhadas e sapatos na mão, envoltos num mar de roxo.
São brincadeiras inocentes, intercaladas com perdas de respiração momentânea, por ter alguém perto demais.
São perfumes sentidos, segredos desabafados, lágrimas corridas.
São instantes que correm, tempo que não espera, memórias que ficam.
São sentimentos confusos, satisfação estranha, querer sempre mais. Palavras, gestos.
É um medo incontrolável de perder o que de melhor tenho neste momento, pois é a única coisa que me faz sorrir.
É a sensação de viver para alguém e por alguém. E em segredo.


2 comentários:

Cris disse...

Duvido que continue a ser a unica coisa que te faz sorrir. :P
Acredito que haja muito mais dúvidas, agora.
Mas olha, tá boniiiiito. =O

SPisco disse...

Tao bonito Liliane *_*
Purple, always the Purple (:

E no que depender de mim , serás muito feliz por cá ^^