domingo, 15 de agosto de 2010

15º Desejo - 2 meses

Ajudaste-me a construí-lo. E de repente, sem eu perceber porquê, deixaste-o desmoronar.

E com ele, eu também desmoronei.
Fiquei a ver-te ir. Estava tudo nas tuas mãos, não interferi. Tive medo, é certo. Mas dei-te todo o espaço de que precisavas. E disso, não me arrependo.
O meu maior desejo não era construir contigo um castelo de areia, frágil, sujeito a pegadas indelicadas e exposto à força do mar; mas sim um mundo, retirado deste mundo, um sítio nosso, onde não deixasses mais ninguém entrar.


E este é o último desejo que te conto. E com isto, foram dois meses de mim, que eu te dei.
 

5 comentários:

Cris disse...

E que ele não mereceu, nem soube aproveitar.
Tu mereces quem te ame, de verdade.
E não de uma pessoa que faz um gesto bonito e depois estraga tudo, só porque lhe convém.
Tu mereces TUDO, como já te disse e ele não isso. :D

Sim, vais receber outra mensagem. :p

Sílvia disse...

Faço das palavras da Cris as minhas =)

Nao mereces sofrer...

Sê feliz!! (EU ESTOU AQUI SEMPRE!)

Adrt...

sarovsky disse...

Olha, Cris, não te conheço mas não podia estar mais de acordo!! O mundo muito perde quando não somos capazes de ver o nosso próprio valor, quando nos inferiorizamos para pôr outros em altares onde não merecem estar, quando achamos que merecemos menos do que o que há de bom...

E tu, Li... bem sabes o que penso. Quem te faz sentir assim, não tem o mínimo ponto de interesse. Porque não conta só a intenção (ou a falta dela, neste caso)! Também conta o que se faz sem sequer se parar para pensar nos outros...

Gosto de ti. E estou aqui para quando te apetecer fugir ou festejar. ;) [*]

Marco Pacheco disse...

Nunca te arrependas do que foi feito e do que nao foi feito na tua vida, porque se assim foi, ao destino se deve, e não vale a pena contraria-lo. Mas tu mereces muito lili :)

Beijo

Liliane disse...

Se eu merecesse tudo, tinha tudo. Ele mereceu, apenas teve algo diferente ou melhor....... Como alguem diz, é o destino. :p


Sim, conta muito oq ue se faz ou diz sem pensar. E eu costumo levar muito a peito o que me dizem, mesmo sem querer. Mas eu acredito que as pessoas aprendem a evitar isso. +.+

Eu não me arrependo de nada, Marco. Nunca disse isso. Só lamento o pouco que foi. Mereço tanto como os outros :p


Adoro-vos a todas :)