quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Há alturas em que parece que a nossa cabeça vai explodir. A sério!
"São os exames", é a desculpa que dou sempre.
Mas não são só os exames. Já nada está bem. Sabem aquela sensação de que nos devíamos ter mexido mais, e por outro lado a sensação de que o que fizemos já foi muito e mais valia termos estado quietos?
Dá vontade de hibernar e só voltar a pôr a patinha fora de casa no próximo Verão.
E quando olhamos para todo o lado e vemos recordações do que não queremos a coisa não melhora muito.
Já tiveram uma menina de 6 aninhos, com quem estiveram meia dúzia de vezes, a dizer-vos um segredo ao ouvido? Eu tive, a dizer "Gosto muito de ti, Lili!" ?
E um menino a abraçar-vos e a dizer "Quado for grande quero ser como tu..."?
Vá lá, coisinhas que me animam. Ao menos sirvo para alguma coisa.
Ainda que para ti só tenha servido durante duas ou três semanas.

1 comentário:

KákáChi disse...

Só à chapada tu --'