segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Déjà vu

Os "mas" não existem. Tu é que os inventas para não me magoar de uma forma demasiado directa. Tu é que os inventas, e escondes a verdadeira razão por detrás de uma camuflagem de elogios. O problema é que não és o primeiro a fazê-lo.

Sem comentários: