segunda-feira, 11 de junho de 2012

Cativada.

"Estive a pensar, sabes? Na primeira vez que nos vimos, na primeira vez mesmo...naquele dia em que fomos àquele café...sabes? Logo nessa primeira vez, estivemos de mãos dadas! A falar, no café, e de mãos dadas... Acho que nunca me tinha acontecido. Não me lembro de me ter acontecido... Foi logo na primeira vez, e estávamos assim!"


Eu reparei nisso desde o primeiro toque. Porque se calhar não esperava mesmo estar de mãos dadas contigo, ali. Mas foi tão natural que não pensamos, acho. E é muito melhor assim, natural, sincero. Não estava à espera que pensasses no gesto ou nos pormenores, que te lembrasses disso. Devo dizer-te que se há coisa que me cativa é alguém que age, para além de usar as palavras certas.

Sem comentários: